G1 – Qual a melhor hora para uma cirurgia, para perder peso e outras coisas importantes da vida – notícias em Ciência e Saúde

BBC14/05/2016 20h24 – Atualizado em 14/05/2016 20h24

Qual a melhor hora para uma cirurgia, para perder peso e outras coisas importantes da vida

Pesquisas tentam mapear processos do corpo humano e mostrar como tirar proveito do organismo durante todo o dia.

Da BBC

Se você precisa tomar uma vacina contra a gripe, é melhor fazê-lo pela manhã. É o que sugere um novo estudo da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, que mostrou que as vacinas contra a gripe são mais eficientes se são administradas durante a primeira metade do dia.

Os pesquisadores descobriram que um mês depois de serem vacinados, as pessoas que foram imunizadas pela manhã tinham uma concentração de anticorpos contra o vírus mais alto do que aqueles que foram vacinados à tarde.

Mas esse é o único caso que mostra o impacto que o relógio biológico sobre a saúde.

Na realidade, o relógio biológico afeta muitos aspectos de nossa saúde e bem-estar.

Pela manhã
Por exemplo, as possibilidades de sofrer um ataque do coração entre as seis da manhã e o meio-dia é 49% maior do que em outro momento do dia, segundo Russell Foster, um especialista da Universidade de Oxford, na Inglaterra.

Isso se deve ao fato de neste momento do dia, o sangue está mais espesso e tende mais a se coagular, a pressão arterial aumenta rapidamente quando estamos acordando e as veias estão menos flexíveis.

Por isso, se você está tomando medicação para deixar o sangue mais fino, é melhor tomá-la quando se levanta.

Depois, basta descansar por uma hora até que o medicamento comece a fazer efeito para reduzir os riscos de sofrer um ataque.

As primeiras horas do dia também são as melhores se o casal quer tentar ter um bebê, já que o nível de espermatozóides se encontra em seu ponto máximo.

O mesmo ocorre se você quer perder peso. Foster recomenda fazer exercício antes do café da manhã e diz que é mais eficiente para perder os quilos extra.

A manhã também é o melhor momento para submeter-se a uma cirurgia.

Um estudo americano que pesquisou 90 mil cirurgias concluiu que as probabilidades de que algo dê errado são menores se a operação acontece entre as nove da manhã e o meio-dia. Os riscos são maiores entre as três e as cinco da tarde.

De acordo com os pesquisadores, isso se deve ao fato de que os empregados do hospital estão mais cansados à tarde e o nível de estresse do paciente costuma estar mais alto.

Durante a tarde
Por outro lado, é melhor fazer exercícios aeróbicos à tarde.

Em um estudo feito nos Estados Unidos, que analisou a função pulmonar de quase cinco mil pacientes em diferentes momentos do dia durante cinco anos, pesquisadores descobriram que a capacidade de respiração chega a seu ponto máximo entre as quatro e as cinco da tarde.

“Frequentemente associamos o fim do dia com estarmos mais cansados e menos motivados para fazer exercício, mas é quando a capacidade pulmonar é melhor”, disse Boris Medarov, cientista que conduziu o estudo.

Também é melhor realizar trabalhos pesados e levantar pesos no fim de tarde, já que entre as seis e as oito da noite a força muscular, a flexibilidade e a eficácia cardiovascular são ótimas.

Mas no que se refere a ingerir alimentos, é melhor evitar fazê-lo até as seis da manhã.

Pesquisadores da Universidade de Brigham Young, nos Estados Unidos, mostraram que evitar a comida durante este período é uma estratégia simples e eficiente para perder peso.

À noite
Se você sofre de asma este é o melhor momento para usar o inalador.

Sofrer de ataques de asma durante a noite é algo comum, e as pesquisas indicam que o momento em que isso mais ocorre é entre as duas e as quatro da manhã.

Usar o inalador preventivamente antes de ir para a cama pode ajudar a prevenir os episódios.

Os médicos aconselham que se utilize o “inalador preventivo” duas vezes ao dia, mas administrar a segunda dose o mais tarde possível assegura o máximo benefício durante a noite.

Mas se você sofre de acidez no estômago, o melhor é tomar o remédio antes de deitar-se.

A acidez estomacal alcança seu nível máximo entre as oito da noite e as duas da manhã, mas os sintomas muitas vezes pioram quando se está deitado na cama.

Isso acontece porque é mais fácil para o ácido gástrico chegar ao esôfago quando o corpo está na posição horizontal.

Fonte: G1 – Qual a melhor hora para uma cirurgia, para perder peso e outras coisas importantes da vida – notícias em Ciência e Saúde

Anúncios

Deficiência de vitamina D é epidemia e provoca doenças como obesidade e diabetes | Segs.com.br-Portal Nacional|Clipp Noticias para Seguros|Saude

Você sabia que 80% da vitamina D necessária ao bom funcionamento do corpo é produzida pelo nosso próprio organismo? Apesar disso, pesquisas apontam a existência de uma verdadeira epidemia de deficiência da vitamina na população, o que pode acarretar problemas de saúde, como osteoporose, quedas, obesidade, diabetes mellitus e uma maior incidência de câncer.
“Nos Estados Unidos, 75% da população branca e 90% da população negra têm deficiência de vitamina D, e pesquisas mostram a mesma proporção no Brasil”, afirma a endocrinologista Vivian Estefan, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. “É uma epidemia”, explica a especialista.
Uma das principais funções da vitamina é atuar na absorção do cálcio, mineral necessário à formação dos ossos. Na juventude, quadros extremos de deficiência podem levar ao raquitismo e, na idade adulta, podem evoluir para a osteoporose.
O calciferol, nome científico da vitamina, também é um importante aliado do metabolismo e da boa saúde neuromuscular. Sua ausência pode levar a casos de dores articulares, como artrites, fraqueza muscular e até mesmo quedas, principalmente em idosos.
A maior parte da vitamina D do nosso organismo é sintetizada pela pele, a partir da ação direta da luz solar. Por isso, a exposição solar é muito importante para prevenir e tratar esta deficiência. A produção, no entanto, é bloqueada pela aplicação dos filtros solares. Nos alimentos, a vitamina está presente principalmente em peixes, como atum, sardinha e salmão, e no ovo, mas em pequenas quantidades. Leite e cereais industrializados costumam ser suplementados com uma baixa quantidade de calciferol.
“O paciente que apresenta sintomas como fraqueza muscular, dor nas articulações, excesso de peso e níveis de colesterol ou pressão arterial elevados, deve investigar um possível quadro de deficiência da vitamina D”, alerta a especialista.
COMPLEXO HOSPITALAR EDMUNDO VASCONCELOS
Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.400 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 – Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, conquistado pelo quinto ano consecutivo em 2015.
Rua Borges Lagoa, 1.450 – Vila Clementino, zona sul de São Paulo.
Tel. (11) 5080-4000

Fonte: Deficiência de vitamina D é epidemia e provoca doenças como obesidade e diabetes | Segs.com.br-Portal Nacional|Clipp Noticias para Seguros|Saude

Estar acima do peso reduz risco de demência, diz estudo – BBC Brasil

Obesidade (Foto: PA)

Estar acima do peso diminui o risco de Mal de Alzheimer, de acordo com a maior e mais precisa investigação sobre essa relação.

Os pesquisadores admitiram ter ficado surpresos com a descoberta, que vai contra a corrente atual dos aconselhamentos da medicina.

Leia mais: Pais deveriam ser punidos pela obesidade de filhos?

A análise de dados de quase dois milhões de britânicos, publicada pela revista médica Lancet Diabetes & Endocrinology, mostrou que pessoas abaixo do peso correm um risco maior de desenvolver a doença.

Mesmo assim, organizações dedicadas ao tratamento da demência aconselham que é preciso se exercitar, ter uma dieta balanceada e não fumar.

A demência é uma das questões que gera maior pressão sobre a medicina moderna. O número total de pacientes no mundo pode triplicar e chegar a 135 milhões em 2050.

Atualmente não há cura para a doença. Os médicos aconselham que se mantenha um estilo de vida saudável para tentar diminuir o risco de desenvolvê-la. Mas essa recomendação pode estar equivocada.

Surpresa

A equipe, formada por cientistas da empresa Oxin Epidemiology e da universidade London School of Hygiene and Tropical Medicine, analisou registros médicos de 1,9 milhão de pessoas com cerca de 55 anos por um período de duas décadas.

A análise mais conservadora feita pelos pesquisadores diz que pessoas abaixo do peso têm um risco 39% maior de desenvolver demência em relação àqueles que estão com um peso saudável.

Mas aqueles que estavam com sobrepeso tiveram uma taxa de redução de risco de 18%. Nos obesos, o percentual foi de 24%.

“Sim, isso é uma surpresa”, disse o pesquisador Nawab Qizilbash.

Leia mais: É possível emagrecer com a força do pensamento?

“O lado controverso é a constatação de que pessoas acima do peso ou obesas têm um risco menor de desenvolver demência que uma pessoa normal, com um índice de massa corporal sudável.”

“Isso vai de encontro à maioria, senão a todos os (resultados de) estudos que foram feitos, mas se você compará-los todos juntos, nosso estudo os supera em termos de tamanho e precisão”, disse ele.

A explicação de como o maior peso tem um efeito protetor em relação à demência ainda não está totalmente clara. Há algumas teorias de que deficiências das vitaminas D e E contribuem para a demência – e essas deficiências são menos comuns para quem come mais.

Mas Qizilbash disse que o resultado da pesquisa não deve ser encarado como uma desculpa para engordar alguns quilos.

“Você não pode virar as costas e pensar que não tem problema ficar acima do peso ou obeso. Mesmo que haja esse efeito protetor, você pode não viver o suficiente para se beneficiar dele”, disse ele.

Comparação entre cérebro com demência e cérebro sadio (Foto: SPL)
Segundo teorias, proteção para obesos estaria relacionada a deficiência de vitamina D e E

Doença cardíaca, infarto, diabete, alguns cânceres e outras doenças estão todas ligadas à gordura na região do abdome.

“Essas novas descobertas são interessantes na medida em que parecem contrariar estudos anteriores ligando obesidade a risco de demência”, disse Simon Ridley, um pesquisador britânico de Alzheimer.

“O resultado levanta dúvidas sobre as ligações entre peso e risco de demência. Claramente mais pesquisas são necessárias para entender isso completamente.”

A Sociedade de Alzheimer disse que “a diferença de conclusões (nos estudos) ressalta a dificuldade de conduzir estudos sobre riscos de demência relacionados a complexos estilos de vida”.

A professora Deborah Gustafson, do hospital e escola de medicina SUNY Downstate Medical Center de Nova York, argumentou que “entender a ligação entre índice de massa corporal e demência ajuda a ver a complexidade de se identificar os riscos e fatores de proteção de demência”.

“O relatório de Qizilbash e seus colegas não é a palavra final nesse ponto controverso”, disse ela.

Qizilbash afirmou: “Nós concordamos com isso inteiramente”.

 

Estar acima do peso reduz risco de demência, diz estudo – BBC Brasil.

Entenda Por Que É Tão Difícil Resistir Ao Doce. – Emagrecer é vitória

Emagrecer é Vitória

Seja você homem, mulher, formiga, cavalo ou cachorro, você sabe que algo doce sempre é uma deliciosa tentação difícil de se resistir, não é mesmo? (principalmente se você é uma formiga…)
Você já se pegou sem fome alguma e foi apresentado à um magnífico pedaço de torta e descobriu que na verdade você estava meio comfome?
Ou ainda, você acabou de jantar e está estufado que nem um balão de festa, não consegue nem pensar em dar mais uma garfada naquele maravilhoso grelhado, PORÉM, ainda (com certa facilidade) consegue encarar uma sobremesa?
Açúcar! Tão saboroso e tentador! Por que? Por que é tão difícil se livrar desse “vício” ?
Bom, pra entendermos isso de forma fácil, siga a jornada a seguir comigo:
Quando você ingere algo doce, seja bolo, sorvete, mel, suco, brigadeiro, etc, o açúcar é imediatamente identificado pelas suas papilas gustativas na parte frontal da sua língua. Você imediatamente sabe que tem algo delicioso na boca.
Em seguida, no córtex cerebral, se acionam algumas reações que chamamos de “mecanismos de recompensa”.
Estes mesmos mecanismos são acionados pelas drogas, álcool, sexo, etc… enfim, tudo que “vicia”.
Agora, o interessante é que quando isso acontece o cérebro se faz uma única pergunta: “Posso ter isso de novo?”
É aí que a coisa entra em um ciclo vicioso que você já bem conhece.
Agora, temos que lembrar que a nossa genética é orientada à um grande objetivo: sobrevivência!
Tendo isso em mente, sabemos que coisas doces são sinônimo de energia rápida!
O corpo adora energia rápida, uma vez que isso ajuda o corpo no seu objetivo de sobrevivência.
O problema é que esta “energia rápida” está hoje disponível em todo lugar e em milhares de alimentos, até mesmo alimentos que nem imaginávamos que continham açúcares…
Na realidade, hoje, fugir do açúcar é uma verdadeira saga. Tente ir no mercado e comece a ler os rótulos de produtos enlatados ou empacotados… se desafie a encontrar algo sem adição de açúcar…
Quando digo açúcar, ele nem sempre é chamado desta forma. A indústria é muito criativa e gosta de diversificar bastante a forma como se refere à ele…
Deixe-me citar alguns dos nomes que são sinônimos de açúcar: amido, dextrose, xarope de milho, açúcar de fruta, mel, glicose, frutose, sucrose, maltose, lactose, açúcar de cana, etc, etc…

PorQue o Açúcar Tem Tanto Poder?

Veja, por exemplo, quando você prova uma nova refeição nutritiva e saudável, novos sabores e alimentos, o seu cérebro aciona os mecanismos de recompensa também para sinalizar que você está fazendo algo que é muito bem vindo, afinal, o corpo gosta de variedade e tudo mais.
Essa experiência causa um pico de dopamina no cérebro, o que significa sensação de bem-estar.
Se você continua a repetir a mesma refeição dia após dia, os níveis de dopamina começam a cair até ficarem baixos, afinal, o que você está fazendo não é mais novidade e está na hora talvez de tentar dar uma variada.
Agora, veja que interessante…
Esse mecanismo natural de ajuste não funciona quando estamos ingerindo açúcar.
No caso dos doces, podemos comê-los todo o santo dia e SEMPRE teremos picos de dopamina no cérebro… ou seja, os níveis se elevam e se mantêm lá sem ter a queda normal que acontece no caso anterior que falamos.
O açúcar tem o poder de “burlar” o sistema e sempre conseguir que o cérebro acione os sistemas de recompensa para motivar você a repetir sempre este hábito.
Por isso também que o açúcar é considerado por muitos experts como, literalmente, uma droga. Eu também adoto esta definição.
O açúcar tem PODER e quanto mais você dá espaço à ele, mais este poder aumenta e você não vai poder mais contar apenas com sua “força de vontade” para solucionar o problema.
Se você quiser fazer um teste bacana para perceber como você ainda pode conseguir vencer este “vício”, se desafie à ficar 2 semanas inteiras sem colocar absolutamente nada doce na boca.
Tome isso como um desafio pessoal seu para deixar o seu dia-a-dia mais interessante. São 2 semanas somente. Aí no próximo mês você escolhe um novo desafio da sua escolha… mantenha sua vida interessante!
Se você tomar isso no peito e resolver fazer acontecer, irá ser brindado com uma grande realização:
O açúcar não irá mais ser tentador à você como sempre foi e se quer algo pra te ajudar nisso, recomendo o Emagrecer de Vez, esse sim é o único que poderá e irá te ajudar nesse processo.
 
Para você que quer emagrecer de forma saudável, permanente e natural, saiba que o açúcar é o inimigo número 1 do seu objetivo.
Se você já acompanha aqui o blog, já sabe disso.
Nada tem mais poder CONTRA a perda de peso do que o açúcar, seja ele na forma de um bolo, suco de fruta, pão, massa, etc.
Nada estimula mais os hormônios armazenadores de gordura do que os carboidratos de rápida digestão (açúcares).
Se o seu objetivo é obter o corpo em forma dos seus sonhos, o desafio acima é um must! Você precisa fazê-lo!

 

 

Digg Reader.