Bem Estar – Refluxo, língua presa e lábio leporino podem prejudicar a voz

Cigarro, álcool, café e pigarro são outros hábitos que atingem a fala. Veja exercícios simples para preservar a voz e melhorar a língua presa.

Bem Estar – Refluxo, língua presa e lábio leporino podem prejudicar a voz.

Anúncios

Bem Estar – Garota de 5 anos com deformidade grave nas pernas aprende a andar

Menina britânica Emma-Grace Andrews nasceu com membros tortos. Talas nas pernas, cirurgia e fisioterapia estão ajudando, segundo a mãe.

Bem Estar – Garota de 5 anos com deformidade grave nas pernas aprende a andar.

Menisco rompido= conheça os sintomas « Espaço de José Marcos- DOENÇAS REUMÁTICAS

 

LONDRES – Normalmente, se o joelho dói o meu primeiro pensamento vai para os meniscos. De fato, em muitos casos, a dor é localizada no joelho devido a lesões do choque que esses rolamentos estão localizados entre o fêmur ea tíbia. “Os meniscos são crescentes de fibrocartilagem localizada entre os côndilos femorais (convexa), e do planalto tibial (flat), aumentar a congruência entre essas áreas e melhorar a distribuição da carga – diz Roberto D’Anquises, Chefe de Cirurgia da Joelho, Galeazzi Instituto Ortopédico de Milão -. Há duas em cada joelho: uma interna (medial) e outro para o exterior (lateral). Os meniscos podem ser comparadas com as cunhas que, com os ligamentos estabilizar o joelho. “

As lesões meniscais como elas ocorrem?
“O menisco é particularmente vulnerável quando nela são aplicadas forças de compressão associada com forças de torção. As lesões (também conhecido como fraturas ou fraturas) são classificados em dois grandes grupos: traumáticas e degenerativas ou desgaste. O primeiro, mais comum entre os jovens atletas, que ocorrem como resultado de movimentos, por vezes triviais, em que há hiperflexão, uma torção ou um movimento complexo, como quando você dobra os joelhos e, em seguida, o próprio você puxa para cima rapidamente. As lesões ocorrem por desgaste da degeneração do tecido meniscal que ao longo dos anos se torna mais frágil e menos elástica:. Os atos menisco como um pedaço de pano usado e você pode quebrar, mesmo que só andava “

Quais são os sintomas?
“Em geral, dor na parte interna (medial) ou externa (menisco lateral) do joelho. A dor tende a aumentar na posição de flexão máxima e quando você gira o pé. Muitas vezes há inchaço. Quando há ruptura de uma grande parte do menisco, como em lesões “alça de balde”, você pode desenvolver um conjunto de fecho mecânico. Para confirmar a presença de danos no menisco são úteis de raios-X e ressonância magnética.

Que tratamentos existem para os meniscos quebrado?
“Normalmente, as quebras traumático são tratados cirurgicamente com a excisão artroscópica da somente o (meniscectomia seletiva) lesado ou, se possível, a sua reparação (sutura do menisco). No caso de doenças degenerativas sutura meniscal não são listados, mas você pode prosseguir com a meniscectomia seletivo, tendo em conta que há menos garantias de sucesso, a recuperação poderá ser mais lento, a dor pode persistir e, mais raramente, principalmente em idosos com dano artrítico, pode haver piora. Estas são algumas razões pelas quais as lesões de desgaste, se os sintomas não são debilitantes, frequentemente sugere um período de espera, porque às vezes estas lesões podem reformular o movimento com o desaparecimento dos sintomas. Como regra geral, finalmente, tentar evitar a completa remoção do menisco, praticada no passado com conseqüências conhecidas, tais como osteoartrite precoce. “

Antonella Sparvoli
25 de fevereiro de 2011

Menisco rompido= conheça os sintomas « Espaço de José Marcos- DOENÇAS REUMÁTICAS.

Estudo: alteração genética dispensa uso de desodorante – Terra Brasil

Todos sabemos quando uma pessoa no escritório não cuida da higiene, mas mais de um milhão de britânicos podem deixar de usar desodorante sem ficar com mau cheiro. A falta de produção de odor nas axilas é uma deficiência genética, de acordo com pesquisa. Mesmo assim, cerca de 8 em cada 10 destas pessoas usam desodorante por ser uma norma cultural. As informações são do Daily Mail.

Leia o artigo:

Estudo: alteração genética dispensa uso de desodorante – Terra Brasil.