Psiquiatra comenta relação do suicídio com doenças

http://audios.ebc.com.br/5a/5a6552cc8b97cdd02407e91b9163824c.mp3?download=1

Setembro amarelo é o mês de prevenção ao suicídio.  A campanha é promovida pela Associação Brasileira de Psiquiatria com o objetivo de prevenir tantas mortes evitáveis. Os dados do Sistema de Mortalidade do Data-SUS revelam que o número de suicídios no Brasil passou de 6.743 em 1996 para 10.321 em 2012, uma média de 28 suicídios por dia. Para falar sobre o assunto, o Cotidiano convidou o presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria, Antonio Geraldo da Silva.

Ele explica que os suicídios são de causas evitáveis: “essas pessoas que se suicidaram tinham algum tipo de transtorno mental. Isto é ruim,  porque sabemos que essas doenças podiam ter sido tratadas e não foram. Podemos dizer que cerca de 36% dos pacientes que se suicidaram tinham algum tipo de transtorno afetivo, chamado de transtorno de humor, que é depressão, transtorno bipolar e outros quadros”, destaca.

O presidente também fala da relação do suicídio com a dependência química: “nós não temos nenhuma campanha de promoção da saúde, de prevenção de doenças. E quando a pessoa tem transtorno de humor e transtorno bipolar associado, há pelo menos 60% de possibilidade de vir a cometer o suicídio”, esclarece.

Saiba mais sobre o assunto, no player acima.
Fonte: Psiquiatra comenta relação do suicídio com doenças

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s