5 sinais precoces de autismo que os pais devem ficar atentos | EXAME.com

Criança autista; autismo

Cuidados especiais

Para obter os melhores resultados no tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA), o diagnóstico e intervenção precoces são absolutamente cruciais para melhorar as chances da criança de desenvolver habilidades cognitivas importantes e funcionar em um nível elevado mais tarde na vida.

“Está claro que, quanto mais cedo se começa, melhores são os resultados de longo prazo”, disse o Dr. Paul Wang, diretor de pesquisas médicas da organização Autism Speaks, falando ao Huffington Post. “É importante intervir com essas crianças o quanto antes.”

Mas a desordem, que quase sempre começa a aparecer quando a criança tem entre 12 e 18 meses, pode se manifestar de muitas maneiras diferentes, dificultando sua identificação pelos pais.

Publicidade

</div>

Na realidade, segundo Wang, metade dos pais desconhecem os sinais precoces de autismo.

“Os pais podem começar a notar diferenças quando seus filhos têm 6 meses apenas”, disse Wang. “Nem todas as crianças terão diferenças que os pais ou outras pessoas consigam identificar, mas algumas, sim, e pode começar já nessa idade.”

A desordem de desenvolvimento neurológico, que está se tornando um diagnóstico cada vez mais comum entre crianças americanas, se caracteriza por diferenças em comportamentos sociais, comunicação e percepção.

Os sinais de alerta mais comuns vão desde a demora em aprender a falar até comportamentos sensoriais incomuns.

Para ajudar os pais a reconhecer os sinais precoces de autismo e agir imediatamente em resposta a eles, a Autism Speaks lançou recentemente uma série de anúncios de utilidade pública como parte de sua campanha Aprenda a Identificar os Sinais.

O primeiro anúncio usa uma animação em stop-motion para contar a história de um garoto com autismo e oferecer um vislumbre de sua imaginação.

O vídeo tem um minuto de duração e foi inspirado pelas experiências de um menino real chamado Jacob, que, segundo a Autism Speaks, só começou a falar com 4 anos de idade.

Ele identifica alguns sinais comuns que revelam a presença de autismo, incluindo a ausência de fala e de contato com os olhos, a sensibilidade à luz e a sons, e comportamentos repetitivos, como bater os braços.

A narradora do vídeo conclui: “A intervenção precoce pode fazer uma diferença por toda a vida”.

(A reportagem continua depois do vídeo)

5 sinais precoces

Além dos sinais comuns citados acima, veja nas imagens a seguir cinco indicativos precoces de autismo dos quais os pais devem ter consciência, segundo especialistas.

Fonte: 5 sinais precoces de autismo que os pais devem ficar atentos | EXAME.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s