Clínica Alamedas

Pesquisadores descobrem como drogas viciantes prejudicam a função cerebral

Zero Hora – Para entender a dependência

Cocaína e anfetaminas interferem no transporte de dopamina

Foto: Davydenko Yuliia / Shutterstock

Em um grande avanço no campo da neuropsiquiatria, pesquisadores do Instituto Vollum, na Universidade de Oregon, Estados Unidos, mostram como a cocaína e anfetaminas prejudicam funções de transporte de dopamina no cérebro. Essa descoberta abre caminho para o desenvolvimento de tratamentos que podem amenizar os efeitos das drogas em pessoas viciadas.

A dopamina é uma proteína que tem contribuições fundamentais para doenças neuropsiquiátricas como esquizofrenia, depressão, comportamento abusivo de drogas e transtorno de déficit de atenção. Ao mostrar como essas drogas bloqueiam a sinalização de dopamina – ação responsável por remover o neurotransmissor da sinopse e das regiões de células nervosas – a pesquisa fornece insights que podem ajudar a compreender por que algumas drogas são viciantes e outras não são.

— O vício em cocaína e anfetaminas acaba com famílias…

Ver o post original 76 mais palavras