‘Ressaca de fim de ano’ pode e deve ser evitada

Clínica Alamedas

‘Ressaca de fim de ano’ pode e deve ser evitada

O Hospital de Transplantes do Estado de São Paulo, unidade da Secretaria de Estado da Saúde administrada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), na capital paulista, decidiu orientar a população sobre os riscos da alta ingestão de bebidas alcoólicas durante o período de festas de final de ano.

A ressaca pode e deve ser evitada, uma vez que o mal-estar generalizado gerado pós-abuso do álcool costuma causar problemas como enjoo, dor de cabeça, cansaço, diarreia e sensibilidade à luz.

Para aqueles que costumam apresentar os sintomas típicos da “ressaca”, especialistas em saúde do fígado explicam alguns cuidados que devem ser observados, principalmente antes de ingerir a primeira dose de álcool.

Segundo o hepatologista Carlos Baía, do Hospital de Transplantes, antes de consumir bebida alcoólica, é importante preparar o estômago e fígado, alimentando-se, sobretudo de alimentos ricos em gordura.

É importante, também, beber bastante água…

Ver o post original 158 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s