Emagrecer um desafio: Esquecimentos, a memória pode ser treinada

www.emagrecerumdesafio
Esqueceu-se onde colocou as chaves de casa, onde estacionou o carro ou onde deixou um documento importante? A memória pode e deve ser treinada e por consequência estimulada desde tenra idade. Para tal é fundamental estarmos atentos ao que fazemos no momento em que estamos a memorizar. O seu problema tem solução.

Todas as pessoas se esquecem. Quando a situação se torna frequente, esses pequenos esquecimentos despertam a nossa atenção para a importância que damos à nossa memória. Na maioria das vezes, os pequenos lapsos de memória não significam mau funcionamento do cérebro nem são causados por doenças, mas sim pelo stress da rotina diária
As pressões de uma vida muito atarefada podem exigir demais da memória e concentração, e colocam-nos em situações embaraçosas como esquecermo-nos de onde deixamos as chaves do carro, de números de telefone e nomes.

 

 

 

Ninguém é capaz de se lembrar de tudo o que acontece. Geralmente os idosos queixam-se mais de perdas de memória, mas a verdade é que o esquecimento é um fenômeno natural que pode acontecer em qualquer idade. Apenas minoria dos casos de dificuldade de memória podemos atribuir a distúrbios cerebrais, como Alzheimer, por exemplo.

 

 

 

Aprender a não esquecer

 

O segredo para não cair no esquecimento é não deixar nunca de aprender, em desafiar o intelecto com tarefas que necessitem de concentração, desde simples exercício de tentar lembrar o que fez pela manhã, o que comeu no almoço, que roupa usou no dia anterior, até à prática de jogos,leitura ou palavras-cruzadas e xadrez. Exercitar a mente melhora a memória, a qualidade qualidade de vida e a concentração. A seguir algumas práticas.


Altere suas rotinas

Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam o cérebro.Aprender novas habilidades como música, pintura, nova língua e informática também ajuda a exercitar o cérebro, e consequentemente, a memória.

O sono também é essencial. Dormir pelo menos 8 horas por noite ajuda manter a memória ativa, ao dormir o cérebro grava o que aprendemos durante o dia. A prática regular de exercício físico e uma alimentação equilibrada são outros dos fatores que ajudam a manter a memória em forma. O aprendizado de novas habilidades como música, pintura, nova língua e informática também ajudam a exercitar o cérebro, e consequentemente, a memória.

1. Memorizar por partes

Organizar e subdividir a informação ajuda-nos a memorizar melhor. Exemplo, para memorizar um conjunto de números pode ser benéfico dividi-los em sequências de 2 ou 3 itens. Em vez de 5468123, leia 54-68-123.  

 

 

2. Dupla codificação

Quando a informação é registrada de duas formas diferentes é retida mais fácil. Por exemplo, quando estiver lendo, memorize de forma visual e auditiva. Leia em voz alta. 


3. Criar uma imagem mental   

Esta atividade permite recriar mentalmente imagens, sons, cheiros, sensações. O fato de transformarmos a informação que temos de memorizar numa destas formas, facilita o seu armazenamento. Podemos elaborar uma imagem mental para representar uma palavra.

www.emagrecerumdesafio.com4. Fazer associações

Consiste em associar ideias novas a algo que já se sabe. Fazer um sinal na mão para lembrar de ligar a uma pessoa.  

 

 

5. Mapeamento mental

Esta técnica é útil para memorizar grandes quantidades de informação, tais como, quando se estuda para um teste ou uma apresentação oral. Permite reduzir a informação a algumas palavras-chave e organizá-la em sequências lógicas, através de ligações que permitam abranger toda a informação.

 

 Não é só o corpo precisa de ser exercitado. O cérebro também precisa ganhar músculos através do exercício mental.

 Tome banho de luz apagada.
 Mude as músicas do seu Ipod com alguma frequência.
↪ Mude de trajeto quando vai para o trabalho.
 Escove os dentes com a mão não dominante.
 Use o relógio de pulso no outro braço e vá alternando.
 Jogue xadrez e estimule o pensamento visual e espacial.

↪ Selecione uma frase de um livro, tente formar uma frase diferente utilizando as mesmas palavras.

 

 Folheie uma revista e procure uma fotografia que lhe chame a atenção. Em seguida pense em adjetivos que descrevem a imagem ou o tema fotografado.


Ainda lembra-se dos exemplos de esquecimentos mais frequentes indicados no início da matéria? Não? Está precisando treinar a sua memória!


Pesquisa: Nélson Lima, neuropsicólogo e diretor do Instituto da Inteligência

 

Emagrecer um desafio: Esquecimentos, a memória pode ser treinada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s