Impacto de droga descriminalizada na saúde pública varia entre países

Clínica Alamedas

Permissão de venda de maconha na Holanda diminuiu consumo de heroína.
Descriminalização do uso em Portugal aumentou procura por tratamento.

Do G1, em São Paulo

No momento em que o senado do Uruguai aprova o projeto de lei que permite venda e cultivo da maconha, experiências de outros países em que a população tem fácil acesso à erva não permitem estabelecer uma relação direta entre a permissão e o aumento do consumo de drogas.

“Quem já fez coisa parecida (ao que o Uruguai aprovou) foi a Holanda, mas não fez igual, e alguns estados dos Estados Unidos para uso medicinal. Nesses dois países não teve nenhuma mudança radical nem no consumo, nem nos programas de saúde”, afirma Tarso Araújo, jornalista e autor do “Almanaque das Drogas”, ao G1.

A permissão de venda de certa quantidade de maconha em coffee shops na Holanda nos anos 70, por exemplo, não…

Ver o post original 521 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s