Krokodil: A nova droga mortal que come a carne | Ciência Online – Saúde, Tecnologia, Ciência

 

Na vasta farmacopeia de drogas de rua ilegais, poucas têm uma reputação tão hedionda como a desomorfina, popularmente conhecida como crocodilo ou “krokodil”. Trata-se de um opiáceo que é quimicamente relacionado com a morfina e heroína, a krokodil deve o nome ao desenvolvimento de lesões escuras e queda de pele, e a droga tende a comer as suas vítimas vivas, tal como um crocodilo. Krokodil surgiu pela primeira vez na Rússia, há vários anos, onde os usuários descobriram que a droga era muito mais barata do que a heroína e poderia facilmente ser cozida numa cozinha pela combinação de codeína com gasolina, óleo e álcool, relata a Fox News. Krokodil é injetado com uma agulha hipodérmica, e provoca necrose – a morte e a decadência de tecidos vivos – facto que pode rapidamente desenvolver em gangrena e as amputações são comuns entre os viciados, que morrem dentro de dois ou três anos depois de começarem a consumir a droga, relata o Daily Mail. Assim como outros opiáceos, a krokodil é altamente viciante, e até mesmo os usuários que largam o vício, muitas vezes ficam com a pele severamente desfigurada: com cicatrizes, graves danos ósseos, membros amputados, impedimentos da fala, habilidades motoras pobres e diferentes graus de danos cerebrais – para a vida. E não é preciso muito equipamento de laboratório para a fazer: A produção ilegal de krokodil na Rússia e na Ucrânia é semelhante à de processos químicos usados ​​para produzir metanfetamina em casa, de acordo com um artigo publicado online a 3 de junho no International Journal of Drug Policy. Para fazer krokodil, os produtores transformam a codeína no seu opiáceo analógico chamado desomorfina, cujo efeito analgésico é cerca de 10 vezes maior do que a morfina – também é cerca de três vezes mais tóxico do que a morfina, escreveram os autores. Os usuários de Krokodil podem evitar procurar ajuda, em parte devido ao estigma associado ao uso de drogas.”

Krokodil: A nova droga mortal que come a carne | Ciência Online – Saúde, Tecnologia, Ciência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s