Como enfaixar o tornozelo

Formado pelos ossos: tíbia, fíbula e tálus, o tornozelo é um dos pontos que mais acontecem acidentes, sendo o dos atletas os mais comuns. O futebol, o atletismo e outros esportes exigem um esforço maior, por isso que muitas das vezes acontecem lesões e demoram tempo para serem tratadas. Com paciência e seguindo algumas informações médicas, o tornozelo acidentado pode ser curada adequadamente sem comprometer o dia-a-dia da pessoa.

Não é segredo dizer, que a única saída para tratar esse acontecimento é enfaixar o tornozelo. Esse procedimento, segundo os profissionais, ajuda e muito a manter a estrutura, onde o foco principal é deixa-lo invisível para não sofrer contatos externos. Saiba agora como enfaixar o tornozelo e evite que a lesão de alguém mais próximo se agrave, podendo trazer vários problemas.
Há diferentes formas de enfaixar o tornozelo, porém é preciso saber a forma correta. Se estiver procurando uma forma fácil de enfaixar o tornozelo, você pode optar em adquirir um protetor elástico. Com esse protetor, o tornozelo fica de forma agradável e com pouco tempo já se pode notar uma diferença. O protetor elástico pode ser adquirido em qualquer farmácia ou em grandes supermercados.
Antes de comprar um protetor é preciso saber o tamanho. Informe-se com o vendedor e escolha o melhor que se adequada a você. De acordo com os médicos, é de suma importância que o protetor seja do tamanho certo, pois desse modo, a recuperação pode ser muito mais rápida. Atenção ao enrolar o tornozelo, muitos apertam demais e isso é um grande problema. Aperte o suficiente e não o excessivo, já que, você pode complicar a circulação sanguínea.
commons.wikimedia/אנדר-ויק
Agora se a sua lesão for muito grave, o protetor não irá ajudar. O ideal é procurar algo mais ajeitado e que possa oferecer resultados sólidos. Os médicos recomendam uma ligadura convencional, sendo que esse produto possui comprimentos diferentes e podem ser encontras nas grandes farmácias.
Após comprar a ligadura do tamanho correto, coloque-a por baixo do pé. Em seguida, faça movimentos avoengos para enfaixar o tornozelo. Envolva duas ou três vezes a ligadura a volta da parte frontal do tornozelo. Depois faça o mesmo modo, só que apenas uma vez a volta da parte inicial. Tenha cuidado, o calcanhar deverá está sempre fora da ligadura.
Por fim, enrole duas vezes a volta do mesmo lugar. A ligadura deve ser enrolada na base do pé e após isso, repita o processo até que acabe a ligadura. Para que a ligadura fique presa, procure um prendedor pequeno para prender. Esse prendedor pode ser encontrado na farmácia, inclusive, ele pode vir junto com a ligadura. Caso não venha, peça informações do atendente sobre o produto.

commons.wikimedia/Dr. Harry Gouvas

Dicas: Como já foi dito, mas é sempre bom destacar, esteja sempre alerta ao enfaixar o tornozelo com protetores elásticos. Pois muitos erram na hora de enrolar o tornozelo. O próprio deve ser enfaixado sem que a circulação sanguínea seja prejudicada. O certo é enrolar com calma sem deixar o protetor forçar demais a circulação.

Lembre-se: antes de qualquer decisão, você deverá consultar um médico. Evite tomar remédios sem consultar um profissional.

(imagem destaque:Flickr/slip )

Como enfaixar o tornozelo.

Anúncios