O número de adolescentes americanas infectadas com o vírus do papiloma humano (HPV), causador do câncer de colo do útero, caiu 56% desde 2006, quando foi introduzida a vacina contra o HPV nos Estados Unidos. A pesquisa, feita com jovens entre 14 e 19 anos, foi anunciada pelo Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) e publicada nesta quarta-feira no periódico Journal of Infectious Diseases. Apesar dos bons resultados, apenas um terço das jovens recebeu as três doses da vacina.

Vacina contra HPV reduz em 56% o número de meninas infectadas nos EUA – Saúde – Notícia – VEJA.com.

Anúncios